sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Costa ameaça o mundo


No passado dia 20, António Costa, aquando do seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, surpreendeu o mundo, ameaçando os Estados Unidos da América e a Coreia do Norte, com a bomba mais terrível até hoje concebida.

Depois da guerra de palavras entre o Presidente Trump e o Ministro do Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte, em que o primeiro ameaçava reduzir a pó, a Coreia do Norte, lançado bombas atómicas, e o segundo respondia que afundaria os Estados Unidos com o envio de de bombas de hidrogénio, foi a vez do representante português que, após conferenciar com os partidos da coligação, tomou uma posição de força.

 Assim, António Costa, do alto da tribuna da Assembleia Geral das Nações Unidas, proferiu a seguinte ameaça: Ou os senhores se entendem ou seremos obrigados a intervir com a mãe de todas as bombas, acrescentando em seguida: Trata-se da bomba de Volfrâmio, e não se esqueçam que a mesma foi construída com material genuíno, extraído das minas Panasqueira.

Foi arrepiante.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Introduza o seu comentário...