domingo, 22 de outubro de 2017

Malditas agências de rating


Se de alguma coisa os portugueses têm razão para se queixar será, sem dúvida, das malfadadas agências de rating. 

É o rating do banco X, é o rating da empresa Y, é a notação da dívida portuguesa. Sobe hoje, desce amanhã. Irra que é demais.

Mas pior que tudo isto é o facto de, nos últimos tempos, terem surgido novas agências de rating, não para se debruçarem sobre dívidas, mas para avaliarem a beleza das principais dirigentes políticas dos diversos países. 

E eu, claro, não sendo pessoa de coscovilhices, disse logo para os meus botões: Tu não te vais meter nestas intrigas de comadres, mantém a compostura, afasta-te das fofoquices.

Mas passadas algumas horas, após estes sentimentos nobres, comecei a sentir umas cócegazinhas na minha curiosidade que me sussurrava de baixinho: Tu não gostavas de saber como é que aquela fulana do BE foi classificada? E qual será o rating da menina Cristas?? e, já agora. Aquele jeitinho da senhora do PEV, quando, do alto das bancadas do parlamento, põe as mãos nas ancas e toda ela se ginga bramando contra as injustiças sociais. Será que esses gestos tão delicados, não acrescentam uns pontitos para o seu rating??? Foi demais. O ser humano até pode ser de ferro, mas as sua curiosidade tem limites.

Decidi então consultar os resultados da agência Norte Americana STANDARD & BEAUTIFUL.

E lá estava... Assunção Cristas e Margarida Martins, classificadas ex aequo com um estrondoso AA+, e logo mesmo, mesmo juntinha, situava-se a Heloísa Apolónia com um honroso AA. 

Mas atenção, a referida agência teve logo o cuidado de anunciar que a senhora do PEV se encontrava com outlook positivo. O mesmo é dizer que com mais dois ou três retoques e uma ida ao cabeleireiro, podem ficar todas ao mesmo nível. Portanto, as outras duas que se cuidem.

Mas a minha curiosidade, não ficou aquém fronteiras. Áh Áh, pensei, já agora deixa-me lá ver o que é que se passa ali para as bandas daqueles (ou daquelas, neste caso) que pensam que mandam em nós. E vai daí, adivinhem lá quais as dirigentes que foram objecto da minha curiosidade??? Claro! Tinham que ser a Miss Theresa May e a Chanceler Angela Merkel.

Sabem qual foi o resultado? Ambas com um decepcionante BB-. O que significa, dito da maneira mais pomposa possível: Três níveis "Abaixo de Investimento".

São estes os momentos que realmente preenchem a vida dum português.

Pensar em tudo o que eles nos chamaram, quando estávamos aqui de chapa batida sem esperança no futuro, e ver como tudo muda dum momento para o outro.

É impressionante!!!

Mas agora chegou o momento dos portugueses gritarem bem alto e dizerem:

Chamaram-nos  Latinos???  Perfiro uma latina AA+ do que uma Nordica BB-,

Ai eramos PIIGS???  Olha! ...mais vale ser uma Miss PIGGY do que uma Lady Cachalote fora de água. (...Perguntem ao sapo Cocas)

Acusaram-nos de ser pedintes???  Pois antes de mão estendida que andar de cara franzida.

Toma e embrulha!!!




Sem comentários:

Publicar um comentário

Introduza o seu comentário...